Dia Mundial de la Salud

Tecnologia e inovação: fatores que contribuem para o desempenho dos prestadores de saúde na pandemia

  • A OMS declara 2021 como o ano internacional dos trabalhadores da saúde, a fim de comemorar o seu trabalho e dedicação.
  • A Siemens Healthineers tem apoiado o trabalho dos prestadores de saúde na atual situaçã, trazendo as principais tecnologias de diagnóstico da InVivo e InVitro para diagnosticar e combater o vírus. 


Brasil

|

Atualmente, a América Latina está nas primeiras fases da etapa inicial do plano de imunização estabelecido pelos diferentes governos locais, neste contexto, a inovação continuará sendo o roteiro que norteará o trabalho dos prestadores de saúde na pandemia e a Siemens Healthineers está sempre pronta para oferecer as melhores soluções tecnológicas para o setor da saúde em prol do atendimento de todos.

Na celebração do Dia Mundial da Saúde, a Siemens Healthineers mantém o compromisso de ser o único fornecedor de soluções tecnológicas e equipamentos médicos que apoia os prestadores de saúde em cada uma das etapas do atendimento - tarefa que desenvolve desde o primeiro momento da pandemia, e que mantém até hoje. 

<p>Renato Buselli, presidente na Siemens Healthineers América Latina</p>

A COVID-19 chegou sem aviso e a sua rápida disseminação forçou governos ao redor do mundo a reagir imediatamente com adaptações que transformaram para sempre a rotina de todos. Nessa perspectiva, as empresas foram impulsionadas e motivadas a desenvolver ferramentas para a rápida detecção do vírus, buscando com elas mitigar as ondas de infecções.

No setor de saúde e tecnologia, a Siemens Healthineers disponibilizou cerca de 21 soluções tecnológicas importantes para o gerenciamento e tratamento de pacientes e equipes médica. Os equipamentos de imagem e de diagnóstico laboratorial foram projetados para facilitar a realização dos exames, sem a necessidade de transportar o paciente pelas instalações do hospital/clínica. Soluções como, gasometria sanguínea móvel, ultrassom portátil, tomografia e equipamento de raios-X têm sido fundamentais para monitorar os pacientes mais críticos, ver danos pulmonares e até mesmo quantificar o risco do próprio vírus.

Da mesma forma, a empresa alemã em meio à pandemia adaptou seu portfólio em torno do SARS-CoV-2, focando no cuidado e tratamento dos efeitos adversos do vírus, permitindo assim que a resposta e o monitoramento sejam eficientes e contínuos. A Siemens Healthineers disponibilizou teste de PCR-RT, anticorpos IgG neutralizantes quantitativos, anticorpos totais e antígeno SARS-CoV-2. Além do amplo menu que inclui perfis de hematologia, coagulação, cardíaco, respiratório, inflamação e doenças infecciosas. E para completar, soluções em gasometria e imagem, oferecendo resultados que auxiliam os profissionais de saúde no manejo dos pacientes com COVID-19.

Por outro lado, a empresa entendeu que a dinâmica do relacionamento mudou e que a digitalização da saúde seria essencial para poder dar uma resposta rápida e precisa à pandemia. Este contexto serviu para acelerar todas as soluções que estavam sendo desenvolvidas e permitiu à empresa de soluções tecnológicas médicas disponibilizar ferramentas de comunicação e monitoramento por meio das quais é possível fazer consultas médicas virtuais, monitorar pacientes infectados de casa e gerir o funcionamento dos equipamentos de imagem e laboratoriais . remotamente - isso torna mais fácil operar uma máquina de tomografia computadorizada ou ressonância magnética de forma descentralizada. 

<p>Georgios Papanikolaou, CFO da Siemens Healthineers America Latina.</p>

Sobre a Siemens Healthineers

A Siemens Healthineers colabora para que os profissionais da saúde em todo o mundo alcancem melhores resultados, capacitando-os em sua jornada para expandir a medicina de precisão, transformando o atendimento, melhorando a experiência do paciente e digitalizando a saúde. Líder em tecnologia médica, a Siemens Healthineers está constantemente inovando seu portfólio de produtos e serviços em suas principais áreas de diagnóstico por imagem, em diagnósticos laboratoriais e medicina molecular. A Siemens Healthineers também está desenvolvendo ativamente seus serviços digitais de saúde e serviços corporativos. No ano fiscal de 2019, que terminou em 30 de setembro de 2019, a Siemens Healthineers gerou receita de € 14,5 bilhões e lucro ajustado de € 2,5 bilhões e possui cerca de 52.000 funcionários em todo o mundo. Mais informações estão disponíveis em https://https://www.siemens-healthineers.com/br 


Contato

Mabel SantosSiemens Healthineers Communications